.as minhas pegadas...

.Dezembro 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.relógio...

.contador...







.mais sobre mim...

. Nome...Puppydog
. Idade...17
. Paixões...Cães (especialmente o meu Fox), livros, desenhar, ouvir música, conhecer gente nova
. Livros...Harry Potter (mais uma fanática...), Código Da Vinci, Anjos e Demónios, A conspiração, Fortaleza Digital, Eragon, Eldest, A anatomia do segredo, O Enigma Vivaldi, Assassini, Verónica decide morrer
. Música...Simple Plan ;), Linkin Park ;), James Blunt, Daniel Powter, Green day, Yellowcard, flipside, evanescense, Nickelback
. Defeitos...Tímida, preguiçosa :PpPp,um pouco desorganizada
. Qualidades...Amante de todas as formas de vida (excepto aranhas), criativa, curiosa, inventiva, amiga, sincera
. Sonho...vir a ser veterinária

.pegadas recentes...

. desapareceste...

. Fox...

. ...

. gatos no acampamento

. Vamos ajudá-los

. Muschi e Sherlock

. Estou triste...

. Parabéns!!

. Finalmente...

. Nunca mais...

.outras pegadas...

. Dezembro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Dezembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

.links...

"O erro da ética até ao momento, tem sido a crença de que só se deve aplicá-la em relação aos Homens"

Dr. Albert Schweitzer


"Chegará o dia em que os homens conhecerão o íntimo dos animais e nesse dia, um crime contra um animal será considerado um crime contra a Humanidade."

Leonardo Da Vinci


"Enquanto os homens massacrarem os animais, vão-se matar uns aos outros. Na verdade, aquele que espalha a semente de morte e de dor não pode colher amor e alegria."

Pitágoras




Quinta-feira, 27 de Abril de 2006

Parabéns!!

   
   

 

   

   

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Draco & Aruk (respectivamente)

 

 

Parabéns aos meus gatitos, Draco e Aruk, que fizeram ontem um anito.

 

Há um ano que me fazem companhia ....

 

Há um ano que me alegram com as suas brincadeiras....

 

Há um ano que me fazem perder a cabeça com os seus disparates como quando vão dormir para o seu sitio preferido: em cima do meu monitor. brincadeira que já me custou algumas coisitas partidas...

 

Há um ano que estes dois anjinhos negros (no bom sentido...claro) estão na minha vida...

 

Dois gémeos e tão diferentes que são...

 

O Aruk é a coisinha mais meiga que já vi, sempre a pedir festas e a querer carinho. Por vezes estou no computador a fazer qualquer coisa e ele não me deixa, vai para o meu colo, para cima do teclado. É, também muito friorento, adora estar a dormir em cima do aquecedor..por vezes cai...mas não se importa...É um brincalhão nato, qualquer coisa que mexa é para brincar... 

 

Já o Draco é muito espantadiço, por vezes tenho que dar voltas e voltas à casa para o apanhar, mas já foi pior, com umas terapias de festas já está mais manso (mas só comigo). Só é meigo com toda a gente quando chega a hora de papar (que interesseiro). Apesar disso é mais calmo do que o Aruk, se ninguem o chatear passa os dias deitado no terraço a apanhar banhos de sol. 

 

Também fisicamente são diferentes (mas se estiverem ao longe parecerem iguais),  apesar de serem os dois pretos, o pêlo do Draco é mais macio e menos rebelde do que o do Aruk. O Aruk é um bocadito mais magro, o Draco é um comilão... Há depois o facto de o Aruk ser cego de um olho, assunto que não me complexa nada, pois ele faz tudo o que os outros gatos fazem, e continua a ser muito fofo.

 

Apesar das diferenças dão-se muito bem, quatas vezes os encontro enroscados um no outro a dormir, ou abrincar alegremente...

Mais uma vez Parabéns e obrigado...

 

 

sinto-me:
publicado por blackdrop às 14:39
link do post | deixa a tua pegada... | pegadas (7) | favorito
|
Sábado, 15 de Abril de 2006

Finalmente...

Na noite passada, cerca das 10 percebi que a minha gata estava prestes a dar à luz, isto porque ela começou a miar muito e foi directa ao caixote onde eu tinha preparado a “cama” dela, para além disso já estava com o instinto maternal, pois chamava os dois filhos mais velhos (Draco e Aruk) e lambia-os, acarinhava-os. Mas o caixote ficava sem espaço, então pus os gatos na minha cama, a gata foi logo para o pé deles, deixei-a estar, tirava-a mais tarde...



Essas 11:30h as águas dela rebentaram (em cima da minha cama...), quando vi isto peguei nela e meti-a no caixote, mas ela não queria, até que o meu pai levou os gatos dali. Então, como já não haviam gatos no quarto ela decidiu deitar-se encostada ao cão (em cima da minha cama), mas ele não gostou muito da ideia e saiu dali.



Voltei a levá-la para o caixote.



Eram, entretanto, 11:40 e ela estava já com contracções há algum tempo. Começou, então a ver-se um bocado da placenta a sair...



Eu acho que estava mais nervosa que a gata, com medo que houvessem outra vez problemas, estava com as pernas bambas...



10 minutos mais tarde começou a ver-se mais qualquer coisa... um rabo... o gato estava a nascer ao contrário... Fiquei ainda mais nervosa (se é que isso era possível)... pensei que o gato não ia conseguir nascer ao contrário... e apesar das inúmeras contracções nada acontecia...



Fui à procura do cartão do veterinário, para o caso de ser preciso.



Tinham passado 20 minutos desde que tinha começado a ver-se a placenta, e ainda só se via o rabo do gatinho e um bocado da patinha...



De repente metade do gato saiu, e um cinco mais tarde ele nasceu (segundo o meu pai era meia-noite em ponto).



Desatei a chorar de alegria, ela tinha conseguido...



Era um gatinho amarelo, mesmo o que eu queria; adoro gatos amarelos e como o meu Puck morreu, queria outro...



 No entanto ela ainda estava muito gorda e não conseguia chegar ao cordão umbilical para o cortar (o resto da placenta ainda não tinha saído e ela andava às voltas no caixote com o gatito a ser arrastado, isto durante uns 5 minutos, decidi então cortar eu mesma o cordão, fui buscar uma tesoura e assim fiz.



A partir daí acalmei-me, o primeiro é sempre mais difícil...



Enquanto esperava que ela tivesse mais gatinhos decidi ir para a sala ver televisão (o CSI), como ela não queria estar sozinha levei-a comigo. Num momento vim ao quarto buscar qualquer coisa, demorei-me 5 segundos e a gata já vinha a meio do caminho com o bebé na boca...



A partir daí teve mais 2 gatinhos, uma gata preta e um gato preto e cinzento, estes nasceram muito facilmente. Depois ainda chamei a Kita para vir admirar aquelas coisinhas fofas...



Eram 2 da manhã quando me fui deitar, estafada... Não sabia se ela iria ter mais gatinhos, mas ela estava bem...



De manhã deparei-me com mais um membro, mais um gato amarelo!



Fiquei mesmo muito aliviada que corresse tudo bem... 



Infelizmente ainda me falta dono para dois gatos, um dos amarelos e o preto acinzentado... Se alguém quiser ou souber de alguém que queira, por favor avise...



Mas o mais importante é que todos estão bem... 



 

 

 

  

 

Puppydog,15 Abril, 23:30

(Sernelha/Coimbra)

sinto-me:
publicado por blackdrop às 23:18
link do post | deixa a tua pegada... | pegadas (3) | favorito
|
Quarta-feira, 12 de Abril de 2006

Nunca mais...

Já estou a ficar um bocado preocupada com a minha gata, Lucky. Ela está grávida, e já está com uma barriga ENORME à umas semanas, mesmo assim, não há maneira de ter os gatinhos...

 

Já estou calejada da última vez que ela deu à luz em que tivemos que ir com ela para o veterinário para lhe salvar a vida (e a vida dos gatinhos).

 

Cada novo dia levanto-me esperançada de a ver chegar sem a barriga, mas isso não acontece...

 

Provavelmente isto é só paranóia minha, mas tenho medo que haja outra vez algum problema. Tento-me convencer que o que aconteceu da outra vez foi um acidente que provavelmente não volta a acontecer (dessa vez o gatinho morreu dentro dela e quando ela estava para parir ele já estava meio podre e inchado, assim ela não conseguia dar à luz, miando de dor e desespero) e os problemas só começaram depois dela ter entrado em trabalho de parto...

 

O facto é que estou muito ansiosa e a torcer para que tudo corra bem, talvez seja esta inquietação que me leve a ter a sensação que a Lucky está a demorar demais para parir.


O que mais me alegra é que a gata anda bem disposta, sempre a querer festase atenção: ela roça-se em toda a gente e no cão (que a ignora) para que lhe dêem carinho. Quando não está “carente” (como costumo chamá-la nestes momentos) passa o dia inteiro a dormir, ou no terraço, ao sol, ou em cima da minha cama...


Espero brevemente vir com boas notícias, espero mesmo...


 

sinto-me: ansiosa
publicado por blackdrop às 22:23
link do post | deixa a tua pegada... | pegadas (2) | favorito
|